Compartilhar

O que é etarismo, causas e como combater

Jornadas da Vida - Pais em Casa Por Jornadas da Vida – Pais em Casa
ícone de relógio indicando o tempo de leitura​ 4 min de Leitura
ícone de calendário indicando a data da publicação​ Criado em 27/12/2023 | Atualizado em 26/12/2023

Compartilhar

Você sabe o que é etarismo? Você ou alguém da sua família já passou por isso? Esse problema social afeta a vida de muitos idosos em todo o mundo e faz com que muitas pessoas se isolem e percam a esperança em uma sociedade igualitária.

Ao longo deste conteúdo, discutiremos o que é o etarismo, suas causas e as consequências que ele tem na vida dos idosos. Além disso, vamos explorar maneiras de combater esse preconceito na sociedade. Confira todos os tópicos a seguir!

O que é etarismo?

O etarismo, também conhecido como ageísmo, é a discriminação ou preconceito com base na idade. Um etarista trata as pessoas de maneira diferente ou injusta devido à faixa etária, comumente direcionada a pessoas mais velhas, embora também possa ser observada em relação aos mais jovens.

Isso pode se manifestar de diversas formas, desde piadas e estereótipos até negação de oportunidades e tratamento médico inadequado.

Quais são as causas?

Agora que você já sabe o que é etarismo, é preciso entender que esse problema tem raízes profundas na sociedade e é influenciado por várias causas. Uma das principais é a mentalidade cultural que valoriza a juventude e desvaloriza o envelhecimento.

A mídia, a publicidade e a cultura popular muitas vezes promovem a ideia de que a juventude é sinônimo de beleza, energia e produtividade, enquanto a velhice é vista como um fardo.

O desconhecimento e a falta de contato com pessoas mais velhas também contribuem para o etarismo. A falta de compreensão sobre as necessidades e contribuições dos idosos pode levar a estereótipos negativos e preconceituosos.

Outra causa importante é a discriminação sistêmica. Políticas e práticas discriminatórias que afetam diretamente os idosos, como a falta de acesso a cuidados de saúde adequados ou oportunidades de emprego limitadas, perpetuam o etarismo.

Quais as consequências do etarismo na vida dos idosos?

O etarismo tem consequências significativas na vida das pessoas que estão na terceira idade. Em primeiro lugar, pode levar a uma diminuição da autoestima e autoconfiança. Quando as pessoas são constantemente tratadas com desrespeito devido à sua idade, isso afeta negativamente sua autoimagem.

Além disso, o etarismo pode afetar o acesso a cuidados de saúde de qualidade. Os idosos podem receber tratamento médico inadequado devido a estereótipos que os subestimam ou não levam a sério suas preocupações de saúde.

No contexto profissional, o etarismo também pode resultar em oportunidades de emprego limitadas e salários mais baixos para os idosos.

Muitas vezes, as empresas preferem contratar funcionários mais jovens, mesmo que os idosos tenham a experiência e as habilidades necessárias para o trabalho.

Como combater o etarismo na sociedade?

O que é etarismo, causas e como combater

Além de entender o que é etarismo, é preciso combatê-lo. A seguir, listamos algumas maneiras de abordar o problema:

  • conscientização: é fundamental educar as pessoas sobre o impacto negativo do preconceito baseado na idade e desafiar estereótipos;
  • promoção da diversidade etária: empresas e organizações podem promover a diversidade etária em suas equipes. Isso inclui a contratação e retenção de funcionários de todas as idades, reconhecendo as contribuições valiosas que os idosos podem oferecer;
  • educação: introduzir a educação sobre o envelhecimento e o etarismo nas escolas e nas empresas pode ajudar a criar uma sociedade mais inclusiva;
  • legislação e políticas anti-etarismo: implementar leis e políticas que proíbam a discriminação baseada na idade em áreas como o emprego e o acesso a cuidados de saúde;
  • promoção da autoestima: incentivar os idosos a manter uma imagem positiva de si e a participar ativamente na sociedade pode ajudar a combater o estigma relacionado à idade.

Entender o que é etarismo é saber que esse é um problema que afeta a vida dos idosos de maneira significativa, prejudicando sua saúde, bem-estar e oportunidades.

Para combatê-lo, é necessário um esforço conjunto da sociedade. Incluindo conscientização, educação, mudança na mídia, legislação eficaz e promoção do empoderamento dos idosos. 

Gostou do nosso conteúdo? Assine a nossa newsletter para conferir outros temas do seu interesse!