Compartilhar

Atividade física para quem tem artrose: conheças as melhores!

Jornadas da Vida - Pais em Casa Por Jornadas da Vida – Pais em Casa
ícone de relógio indicando o tempo de leitura​ 4 min de Leitura
ícone de calendário indicando a data da publicação​ Criado em 28/02/2023 | Atualizado em 02/03/2023

Compartilhar

A prática de atividade física para quem tem artrose é parte essencial do cuidado básico para conter a evolução da doença e reduzir o desconforto gerado pelos sintomas dessa condição, que tem impacto significativo na qualidade de vida de quem sofre com ela.

Mas é claro que os exercícios físicos para esse público devem ser cuidadosamente pensados, considerando as limitações provocadas pelos danos às articulações. De qualquer forma, vale conhecer os benefícios e as melhores estratégias para movimentar o corpo. Acompanhe!

O que é artrose?

De forma resumida, a artrose, também conhecida como osteoartrose, é uma doença degenerativa que leva ao desgaste das cartilagens, tecidos que revestem as articulações. Com isso, o atrito entre os ossos aumenta, o que provoca dor, inflamações e a progressiva perda de mobilidade, além de deformações em determinadas partes do corpo.

A artrose atinge, sobretudo, idosos. A doença não tem cura e o tratamento envolve medidas para retardar o avanço das enfermidades, reduzir o impacto das dores e adiar danos maiores decorrentes da doença, como a necessidade de implementação de próteses em substituição às cartilagens. Para isso, são prescritos medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, além de sessões de fisioterapia.

Qual é a importância da atividade física para quem tem artrose?

Atividade física para quem tem artrose

Por muito tempo, se achou que pessoas com artrose não deveriam fazer exercícios físicos. Em certa medida, isso fazia sentido: o excesso de esforço físico, principalmente aquele que sobrecarrega as articulações, era uma das causas do problema.

Contudo, hoje em dia, é natural que médicos e fisioterapeutas indiquem as atividades físicas para quem convive com artrose. E são vários os benefícios disso. Veja!

Fortalecer músculos

A prática de determinados tipos de exercício físico ajuda no ganho e no fortalecimento da massa muscular, o que favorece o aumento de estabilidade, além de contribuir para melhoria na flexibilidade, no equilíbrio e na redução de chances de lesões nas articulações.

Ajudar a prevenir osteoporose

A osteoporose, caracterizada pela redução da massa óssea tornando os ossos mais frágeis e suscetíveis a fraturas, é uma condição associada à artrose. Com isso, exercícios que contribuam para ganho de densidade óssea são indicados para amplificar os benefícios e contribuir para a redução do incômodo gerado pela dor.

Melhora o humor

Por fim, outro benefício valioso dos exercícios físicos (e não só para quem tem artrose) é a contribuição para a melhoria geral do humor e da sensação de bem-estar.

Movimentar o corpo libera neurotransmissores que melhoram o ânimo, a disposição e a felicidade, além de atuarem como um “analgésico natural”. No mais, a rotina de exercícios contribui também com o aumento da autoestima.

As melhores opções de atividade física para quem tem artrose?

Em geral, quem tem artrose deve concentram seu plano de atividades físicas em atividades como musculação, exercícios aeróbicos leves, pilates ou mesmo de simulação de tarefas do dia a dia. Alongamentos e exercícios de flexibilidade também podem oferecer bons resultados.

Seja como for, a atividade física para quem tem artrose deve respeitar os limites de quem vive com o problema, principalmente para evitar desconfortos ainda maiores gerados pela sobrecarga de exercícios.

Nesse sentido, contar sempre com a orientação de um médico, de um fisioterapeuta e de um educador físico faz toda a diferença.

Quer continuar acompanhando conteúdos como esses? Assine a nossa newsletter e receba tudo no seu e-mail!